jan
26
dom
Exposição “O que VEM antes da nuVEM”
jan 26@10:00 – 21:00

Nas últimas décadas o armazenamento e a reprodução de arquivos migraram do físico para o digital. Mudou a forma de salvar documentos, ouvir música e assistir conteúdo audiovisual. Crianças e jovens sequer conhecem as fitas magnéticas. Assim, a partir do acervo de equipamentos e da coleção didática do Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), a exposição “O que VEM antes da nuVEM” faz um passeio no tempo mostrando suportes, mídias e players que fizeram história no registro de vídeos, fotografias e músicas até o momento atual, com o advento da digitalização dos arquivos. Serão expostas cerca de 50 peças que revelam como era feito o armazenamento e como eram os meios de reprodução antes do surgimento das chamadas “nuvens”.

A abertura da exposição será na quinta-feira, 19, às 19h. A visitação segue até o dia 29 de fevereiro de 2020, com entrada gratuita, de terça a domingo das 10h às 21h.

O agendamento é gratuito e contempla grupos de até 30 pessoas, que poderão apreciar a exposição em cartaz. O e-mail de contato é agendamentomis@fcc.sc.gov.br. Para os meses de janeiro e fevereiro estão programadas atividades paralelas, como oficinas e bate-papos.

 

Serviço:

Exposição O que VEM antes da nuVEM
Local: Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis (SC)
Abertura: 19 de dezembro de 2019, às 19h
Visitação: de 20 de dezembro de 2019 a fevereiro de 2020.
Horários: de terça-feira a domingo, das 10h às 21h
Classificação indicativa: livre
Entrada gratuita.

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

Exposição Coleção MASC 70 anos
jan 26@10:00 – 21:00

Em continuidade às comemorações dos 70 anos do Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) e dos 40 anos da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), a exposição de longa duração Coleção MASC 70 anos tem por base uma seleção de obras de artistas catarinenses e de fora do estado.  A mostra deve ficar em cartaz por dois anos e a classificação indicativa é livre.

Com curadoria de Ylmar Corrêa Neto, a mostra é composta por obras desde o núcleo inicial do MASC até aquisições mais recentes de obras contemporâneas. Trabalhos de artistas como Iberê Camargo, Pancetti, Volpi, Bruno Giorgi, Cândido Portinari, Eduardo Dias, Martinho de Haro, Guignad, Cícero Dias, Mira Schendel, Franz Krajberg, Paulo Gaiad, Doraci Girrulat, Fernando Lindote, entre outros, integram a mostra.  “Esperamos que a exploração deste acervo rico e variado propicie o estudo e a reflexão sobre as artes, especialmente as catarinenses, além de identificar lacunas na coleção, frutos da conturbada história deste museu, pontuada por momentos de avanços e de reveses”, afirma o curador.

Para compor a mostra, o artista Rubens Oestroem expõe três obras participantes do projeto Diálogos com o Acervo.

Serviço:

Coleção MASC 70 anos
Local: Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) / Centro Integrado de Cultura (CIC)
Visitação: 27 de fevereiro a 27 de fevereiro de 2021
Horário de atendimento: terça a domingo, das 10 às 21h
Classificação indicativa: livre
Entrada gratuita.

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

Exposições A Permanência da Pintura (coletiva) e Thesaurus – Asp, 70 anos (Carlos Asp)
jan 26@10:00 – 21:00

O Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) abre, no dia 17 de dezembro de 2019, duas novas exposições que ocuparão seus salões no início da temporada de verão 2019/2020: a coletiva Permanência da Pintura e a individual Thesaurus – Asp, 70 anos. Ambas as exposições serão apresentadas ao público a partir das 19h e têm visitação gratuita até 26 de janeiro de 2020.

Além das duas novidades, o MASC segue com as mostras Coleção MASC 70 anos, coletiva comemorativa pelas sete décadas do Museu, com obras de artistas de renome nacional; e DES-TEMPO, com trabalhos de Meg Tomio Roussenq.

A Permanência da Pintura

Organizada pela administradora do MASC, Susana Bianchini, a mostra apresenta um panorama de artistas que utilizam a pintura como expressão em suas diferentes buscas temáticas e conceituais. Segundo a organizadora, a seleção dos nomes foi feita levando-se em consideração a produção contemporânea, a trajetória dos artistas que permanecem pintando há décadas e também alguns artistas jovens que escolheram – entre tantas novas mídias dominadas pelas tecnologias digitais – a pintura como forma de expressão.

Grande parte dos artistas que participam dessa mostra é catarinense ou residente no estado. Além desles, a exposição conta também com pinturas da artista paulistana Vânia Mignone, pertencentes ao acervo do MASC.

Compõem esta exposição obras dos artistas Cássia Aresta, Dirce Körbes, Flávia Fernandes, Juliana Hoffmann, Loro, Marta Facco, Ricardo Ramos, Rodrigo Cunha, Rubens Oestroem, Susano Correia e Vânia Mignone.

Thesaurus – Asp, 70 anos

IMG 0706

Com curadoria de Ylmar Corrêa Neto, a mostra comemora os 70 anos de nascimento do artista visual Carlos Asp. O público confere desenhos p

ertencentes ao acervo do MASC, de colecionadores e do próprio artista.

Nos anos 1970, Carlos Roberto Carneiro Asp participou da vanguarda pop gaúcha, chegando a cursar um ano de Artes Plásticas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 1969. Em 1970 foi para a Bahia seguindo Janis Joplin, vivendo um interlúdio místico na época do Tropicalismo, estudando Astrologia. Também residiu no Maranhão e em São Paulo.

Nos anos 1980 cursou Educação Artística na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), quando passou a morar em Florianópolis, praticando o desenho e ocasionalmente a gravura. Em 1987-88 recebeu o premio Aquisição do 10º Salão Nacional de Artes Plásticas da Funarte e foi convidado para o Salão Victor Meirelles e para a Bienal do Mercosul. No período catarinense aprimorou o desenho, desenvolvendo três itens notáveis: o ritmo do traço, o uso das palavras e dos suportes. Atualmente, Asp divide seu tempo entre Florianópolis, São José e Porto Alegre.

Serviço:

O quê: Exposições A Permanência da Pintura (coletiva) e Thesaurus – Asp, 70 anos (Carlos Asp)
Abertura: 17 de dezembro de 2019, às 19h
Visitação: de 18 de dezembro de 2019 a 26 de janeiro de 2020. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h.
Onde: Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) – Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis (SC)
Classificação indicativa: livre
Entrada gratuita

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

Exposição Gigantes Marinhos @Beiramar Shopping
jan 26@14:00 – 19:45

Exposição gratuita traz esculturas robotizadas dos animais do fundo do mar ao coração da cidade.

Criaturas que vivem no imaginário – seja dos baixinhos ou dos adultos, e que habitam ao mesmo tempo, um ambiente tradicional da nossa ilha, mas ao mesmo tempo inatingível, invadem o Beiramar Shopping de 14 de janeiro a 16 de fevereiro. É que o shopping traz para o vão central a exposição Gigantes Marinhos, com animais como o Mosassauro, que ficou famoso com o Jurassic Park, um grande predador, e ao contrário do que as pessoas imaginam, não eram dinossauros. Com tamanho entre 10 e 13 metros de comprimento, o Mosassauro era um predador que contava com olhos relativamente grandes, e com uma visão binocular pobre, assim como um sentido de olfato pouco desenvolvido. Um animal robusto, com o corpo em forma de barril e um crânio alongado cheio de dentes cônicos. Tinha quatro nadadeiras, sendo as da frente maiores que as traseiras, que, juntamente com o formato do corpo, o ajudavam a vencer a resistência da água. Tinha uma longa cauda terminada em uma barbatana vertical, semelhante ao dos tubarões, que lhe dava uma forte propulsão debaixo d’água.

Além disso, a exposição traz também ícones dos desenhos infantis, como os peixes palhaço e cirurgião patela, o Nemo e a Dory, além do tubarão baleia, tubarão branco, caranguejo, ostra, lula gigante, orca, baleia cachalote, tartaruga de couro. Algumas das atrações podem ultrapassar os 15 metros de comprimento.

O projeto da exposição foi desenvolvido por biólogos marinhos e fez com que as características de cada espécie fossem respeitadas. As esculturas são robotizadas e imitam sons e movimentos dos animais. A mostra conta ainda com cenografia que reproduz o ambiente marinho e contará também com uma área interativa e com oficinas e brincadeiras para deixar ainda mais divertido o passeio das famílias.

“O ecossistema marinho é diversificado e motivo de curiosidade, especialmente entre os pequenos. O filme Tubarão, por exemplo, marcou gerações. Também o NEMO. Quem não lembra do peixinho palhaço explorando os oceanos. Estamos muito felizes por podermos trazer esse mundo para dentro do Beiramar e proporcionar momentos de diversão e aprendizado”, ressalta Carlos Pamplona Jr, gerente de marketing do Beiramar Shopping.

A exposição Gigantes Marinhos funcionará diariamente, das 14h às 19h45, até 16 de fevereiro, e tem entrada gratuita.

SERVIÇO
O que: exposição Gigantes Marinhos
Quando: de 14 de janeiro a 16 de fevereiro
Horário: 14h às 19h45
Onde: vão central do Beiramar Shopping
Quanto: gratuito. Livre para todos os públicos

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

Exposições no Museu Histórico de Santa Catarina @Museu Histórico de Santa Catarina (Palácio Cruz de Sousa)
jan 26@19:16

O Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC) terá novas exposições a partir da próxima semana. A exposição “Ponte Hercílio Luz” ocorre no momento em que a ponte é reaberta, após longo período de restauro. A proposta é convidar a população a conhecer a história e a memória desta obra, um patrimônio histórico e artístico com reconhecimento municipal, estadual e nacional. A mostra terá fotografias, equipamentos e fragmentos originais removidos durante o restauro. A exposição, que ficará em cartaz de 18 de dezembro de 2019 a 30 de abril de 2020, foi realizada a partir de uma parceria entre Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do MHSC, Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade, Arquivo Público de Santa Catarina e Hemeroteca Digital Catarinense.

A estrutura da Ponte Hercílio Luz teve sua construção iniciada em 1922, com inauguração em  13 de maio de 1926. Essa ligação entre ilha e continente viabilizou transformações econômicas e sociais na cidade, além de modificar a paisagem urbana.

Já a exposição “Cadeiras do Palácio” aborda formas e estilos de cadeiras que foram produzidas para uso no Palácio de Governo de Santa Catarina, datadas do fim do século XVIII até o início do século XX. A mostra ficará em cartaz do dia 18 de dezembro de 2019 até 03 de março de 2020.

Ainda no dia 18 de dezembro será aberta a exposição “Do Gabinete ao Gabinete, com fotografias, objetos e documentos que contam a história do governador Antônio Carlos Konder Reis. Serão abordados aspectos da vida pessoal e profissional e suas relações com as cidades de Florianópolis, Itajaí e Penha. Konder Reis nasceu em Itajaí em 1924, ultrapassando meio século de vida pública. Foi governador entre 1975 e 1979, período em que foram criados o MHSC e a FCC.

Ainda contando a história de um governador, permanece em cartaz a exposição “Jorge Lacerda, uma visão para o futuro”, aberta no dia 11 de dezembro. A mostra terá visitação durante toda a temporada de verão, até 11 de março de 2020. Durante o período, turistas e moradores de Florianópolis têm a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a memória catarinense, por meio de paineis, objetos, livros e conteúdo audiovisual que transitam pelos principais momentos da vida do ex-governador.

O horário de atendimento do MHSC é de segunda a sexta-feira das 10h às 18h, aos sábados e domingos das 10h às 16h. O espaço está localizado no Palácio Cruz e Sousa, na Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis.

 

Serviço

:: Exposição “Ponte Hercílio Luz”
Local: Museu Histórico de Santa Catarina / Palácio Cruz e Sousa
Endereço: Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis
Visitação: de 18 de dezembro de 2019 a 30 de abril de 2020
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira das 10h às 18h, sábados e domingos das 10h às 16h
Classificação indicativa: livre.

:: Exposição Cadeiras do Palácio
Local: Museu Histórico de Santa Catarina / Palácio Cruz e Sousa
Endereço: Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis
Visitação: de 18 de dezembro de 2019 a 03 de março de 2020
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira das 10h às 18h, sábados e domingos das 10h às 16h
Classificação indicativa: livre.

 

:: Exposição Do Gabinete ao Gabinete
Local: Museu Histórico de Santa Catarina / Palácio Cruz e Sousa
Endereço: Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis
Visitação: de 18 de dezembro de 2019 a 26 de abril de 2020
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira das 10h às 18h, sábados e domingos das 10h às 16h
Classificação indicativa: livre.

 

Ingressos:

Inteira: R$ 5. Meia-entrada: R$ 2, mediante comprovação, para estudantes; menores de 18 anos; doadores de sangue registrados em hemocentros de Santa Catarina; professores exercendo docência nos níveis infantil, fundamental e médio. Entrada gratuita, mediante comprovação, para professores acompanhando a turma; crianças com idade inferior a 5 anos; pessoas com deficiência; maiores de 60 anos; guias de turismo. Aos domingos a entrada é gratuita para todos.

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

jan
27
seg
Exposição Gigantes Marinhos @Beiramar Shopping
jan 27@14:00 – 19:45

Exposição gratuita traz esculturas robotizadas dos animais do fundo do mar ao coração da cidade.

Criaturas que vivem no imaginário – seja dos baixinhos ou dos adultos, e que habitam ao mesmo tempo, um ambiente tradicional da nossa ilha, mas ao mesmo tempo inatingível, invadem o Beiramar Shopping de 14 de janeiro a 16 de fevereiro. É que o shopping traz para o vão central a exposição Gigantes Marinhos, com animais como o Mosassauro, que ficou famoso com o Jurassic Park, um grande predador, e ao contrário do que as pessoas imaginam, não eram dinossauros. Com tamanho entre 10 e 13 metros de comprimento, o Mosassauro era um predador que contava com olhos relativamente grandes, e com uma visão binocular pobre, assim como um sentido de olfato pouco desenvolvido. Um animal robusto, com o corpo em forma de barril e um crânio alongado cheio de dentes cônicos. Tinha quatro nadadeiras, sendo as da frente maiores que as traseiras, que, juntamente com o formato do corpo, o ajudavam a vencer a resistência da água. Tinha uma longa cauda terminada em uma barbatana vertical, semelhante ao dos tubarões, que lhe dava uma forte propulsão debaixo d’água.

Além disso, a exposição traz também ícones dos desenhos infantis, como os peixes palhaço e cirurgião patela, o Nemo e a Dory, além do tubarão baleia, tubarão branco, caranguejo, ostra, lula gigante, orca, baleia cachalote, tartaruga de couro. Algumas das atrações podem ultrapassar os 15 metros de comprimento.

O projeto da exposição foi desenvolvido por biólogos marinhos e fez com que as características de cada espécie fossem respeitadas. As esculturas são robotizadas e imitam sons e movimentos dos animais. A mostra conta ainda com cenografia que reproduz o ambiente marinho e contará também com uma área interativa e com oficinas e brincadeiras para deixar ainda mais divertido o passeio das famílias.

“O ecossistema marinho é diversificado e motivo de curiosidade, especialmente entre os pequenos. O filme Tubarão, por exemplo, marcou gerações. Também o NEMO. Quem não lembra do peixinho palhaço explorando os oceanos. Estamos muito felizes por podermos trazer esse mundo para dentro do Beiramar e proporcionar momentos de diversão e aprendizado”, ressalta Carlos Pamplona Jr, gerente de marketing do Beiramar Shopping.

A exposição Gigantes Marinhos funcionará diariamente, das 14h às 19h45, até 16 de fevereiro, e tem entrada gratuita.

SERVIÇO
O que: exposição Gigantes Marinhos
Quando: de 14 de janeiro a 16 de fevereiro
Horário: 14h às 19h45
Onde: vão central do Beiramar Shopping
Quanto: gratuito. Livre para todos os públicos

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂