Cineclube da Mostra de Cinema Infantil Programação de outubro 2018

Quando:
20 de outubro de 2018@16:00 – 18:00
2018-10-20T16:00:00-03:00
2018-10-20T18:00:00-03:00
Onde:
Cinema do CIC
Av. Gov. Irineu Bornhausen
5600 - Agronômica, Florianópolis - SC, 88025-201
Brasil

Dia 06

Sessão Longa-Metragem Internacional

Os contos da noite – Les contes de la nuit (de Michel Ocelot, animação, França, 2011, 84min)

Todas as noites, uma menina, um menino, e um velho técnico se reúnem em um pequeno cinema. Embora o lugar pareça abandonado, ele é cheio de magia. Os três amigos pesquisam, inventam, desenham e se vestem como diversos personagens, a cada noite, encenam uma história, uma fantasia. Há bruxas e fadas, reis poderosos, lobisomens, belas e cruéis mulheres, catedrais e cabanas de palha, cidades de ouro e florestas escuras. Eles se sentem vivendo uma noite mágica em que tudo é possível.

 

Dia 13

Sessão Curtas-Metragens Nacionais (60min)

A velha a fiar (de Cesar Cabral, animação, SP, 2010, 5min)

A canção “a Velha a Fiar” e o que suas palavras representam.

O Mistério do Boi de Mamão (de Luiza Lins, ficção, SC, 2005, 13min)

A história é uma aventura envolvendo um grupo de crianças, futebol, o boi de mamão da Lagoa da Conceição, que faz parte do folclore regional.

A Primeira Flauta (de Simon Brethé e Ricardo Poeira, MG, animação, 2017, 4min)

Uma fábula visual sobre a origem da música. O filme exalta a ancestralidade da música como forma de expressão humana capaz de criar e fortalecer vínculos entre pessoas.

Taí ó – Uma aventura na Lagoa (de Maurício Venturi, ficção, SC, 2014, 14min)

Esta é a história de João, um garoto que foge de casa e decide ir atrás de sua avó, conhecida como bruxa na Costa da Lagoa, onde só se chega de barco. No caminho, ele conhece Zé, um menino nativo que será seu parceiro e guia nesse desafio. Os dois iniciam uma amizade e uma aventura repleta de descobrimentos pela Lagoa da Conceição, reduto das lendas da Ilha de Santa Catarina.

Dalivincasso (de Marcelo Castro e Marlon Amorim Tenório, animação, SP/RJ, 2014, 11min)

Um quadro inédito, o encontro de dois gênios em uma única pintura, chega ao museu numa noite chuvosa. O zelador observa a obra sendo levada ao salão onde será exposta ao público. A caixa molhada pinga sobre a pintura, amolece a tinta e liberta os pintores, que saem pelo museu interferindo de forma cubista e surrealista nas obras.

O Sumiço da Coroa (de Marco Martins e Chico Faganello, ficção, SC, 2013, 13min)

A Coroa, o principal símbolo da festa do Divino Espírito Santo, desaparece da Igreja da Lagoa da Conceição, em Florianópolis. E agora? Clara e Pedro começam a investigação para tentar recuperá-la, senão a festa pode não acontecer. Mistura de realidade com ficção, o filme une cultura brasileira e aventura.

 

Dia 20

Sessão Longa-Metragem Internacional

O Reino dos Gatos (de Hiroyuki Morita, animação, Japão, 2004, 75min)

Haru salva um gato que estava prestes a ser atropelado por um caminhão e descobre que ele é, na verdade, um príncipe. Por gratidão o Rei dos Gatos a pede em casamento, e a menina é levada para o Reino dos Gatos. Agora, ela quer sua liberdade.

 

Dia 27

Sessão comKids (56min)

Lendas animadas – O jabuti e a fruta (de Renato Barbieri e Adriana Meirelles, animação, Brasil, 2017, 5min)

Série animada que conta lendas tradicionais do imaginário brasileiro. Conheça a história do jabuti, um dos bichos mais pacientes da floresta.

(de Leandro Tadashi, Ficção, Brasil, 2015, 14min)

O menino Bruno, de ascendência japonesa, é obrigado a lidar com as mudanças que ocorrem quando a sua Batchan (avó) vem morar em sua casa.

A cor da água (de Lala Severi, animação, Uruguai, 2010, 5min)

Camila e Tomás, dois irmãos, estão com a banheira de sua casa entupida. O encanador lhes dá uma lição a respeito da importância da água.

Vamos nessa? – Brincando no quintal (de Gabriel Stagnaro, animação, Argentina, 2013, 15min)

Série que convida meninos e meninas a brincar, a estimular a imaginação, a pensar mundos possíveis e impossíveis e a deixar-se levar.

Que medo! Aquitã, o indiozinho (de Frata Soares, animação, Brasil, 2015, 4min)

Aquitã é um indiozinho forte e corajoso. Porém quando a noite chega trazendo a escuridão, ele rapidamente procura abrigo no colo de sua mãe.

Guilhermina e Candelário – Quero ser eu (de Marcela Rincón González, animação, Colômbia, 2017, 12min)

Guilhermina e Candelário são crianças curiosas por conhecer a origem de suas raízes, assim como as formas de vida e as expressões típicas de outras culturas.

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *