nov
27
sex
Festival de Cinema Infantil Takorama @Takorama
nov 27 dia inteiro

Pela primeira vez no Brasil, filmes infantis inéditos e gratuitos vão fazer a alegria dos pequenos durante o Takorama, festival internacional com conteúdo dedicado a crianças, jovens e educadores.

A programação traz curtas de diversos países, que podem ser vistos em vários idiomas, sem publicidade, com abordagens sobre tolerância, empatia, amizade, exclusão e cidadania. Todos os filmes podem ser acessados até 30 de novembro pelo site do festival. Com organização da Associação Films Pour Enfants, o projeto é uma resposta aos desafios enfrentados pela educação durante a pandemia.

Vamos conferir a programação?


A partir de 3 anos

  • “O Melhor Brinquedo”, de Gabriel Lin (EUA, 2014)
    Como o processo de transformar um brinquedo pode mexer na nossa autoestima? Em “O Melhor Brinquedo”, somos apresentados às ligações entre o olhar alheio, as amizades e a construção de autoconfiança.
  • “Olá”, de Julio Cesar Velazquez (Argentina, 2014)
    Conhecer-se a si mesmo e conhecer aos outros: a partir de duas formas geométricas, esse filme traz reflexões sobre diferenças.
  • “O Edifício”, de Tomoyoshi Joko (Japão, 2018)
    Por meio da narrativa de um grande edifício que salva pequenas casas de uma inundação, as crianças são convidadas a refletir sobre diferença e exclusão.

A partir de 6 anos

  • “O Tubarão do Aquário”, de Ashley Farlow (EUA, 2014)
    Um tubarão em um aquário pequeno. O que esta situação pode nos ensinar sobre liberdade?
  • “O Complexo do Porco-espinho”, de LISAA (França, 2013)
    A história de um jovem ouriço enfrentando problemas como rejeição, retraimento e falta de autoconfiança.
  • “Você Parece Assustador”, de Xiya Lan (EUA, 2016)
    Quem tem mais medo? O paciente crocodilo ou o coelho dentista que parece não gostar dos dentes afiados de seu cliente?

A partir de 9 anos

  • “Iguais”, de D .M. Lara & R. C. Mendez (Espanha, 2016)
    Em uma sociedade conformista e uniforme, um pai tenta colocar seu filho no caminho certo e se questiona se este é o melhor para ele.
  • “O Cão Só”, de Mike A. Smith (EUA, 2014)
    O sonho de um cachorro em sair de casa nos apresenta a uma homenagem aos desenhos animados dos anos 1940.
  • “Meu Estranho Avô”, de Dina Velikovskaya (Rússia, 2011)
    Qual a relação entre excentricidade e exclusão? Conheça a história de amizade entre um avô e sua neta.

Fonte: Portal Lunetas

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis
nov 27 dia inteiro

19ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis será toda virtual

A 19ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis será de 21 a 28 de novembro. Em 2020, a Mostra se reinventa e apresenta um panorama contemporâneo da cinematografia brasileira e internacional em programação on-line e gratuita. Além de exibições de filmes nacionais e internacionais, realiza atividades paralelas como o Fórum de Cinema e Educação, Encontros de Cinema Infantil e oficinas de audiovisual para crianças e professores.

A 19ª edição da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis é realizado pela Secretaria Especial da Cultura – Ministério do Turismo. Tem o patrocínio cultural da Celesc – Centrais Elétricas de Santa Catarina, da Eletrobrás CGT Eletrosul, da Engie, do Itaú e da Statkraft. Coordenação da Lume Produções Culturais e direção geral de Luiza Lins.

Programação completa no site https://www.mostradecinemainfantil.com.br/

 10h – Sessão para professores e adultos classificação indicativa 12 anos

Libras ao vivo. Duração: 52 minutos.
Ao final bate-papo.
ASSISTA

O outro lado do outroCrianças das favelas do Recife fazem um filme sobre o que imaginam ser a vida para as “crianças de apartamento” da classe média, enquanto as crianças da classe média…

 16h – Encerramento + Sessão curtas + Show Carlinhos Brown Kids classificação indicativa LIVRE

Libras ao vivo. Sessão de Cinema Online com os filmes mais votados pelo público e pelos jurados mirins. ASSISTA

Carlinhos Brown Kids

Carlinos BrownCanções compostas especialmente para seu fiel público mirim em um cenário divertido com muita história, bate-papo, coreografias e brincadeiras.

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

nov
28
sáb
Festival de Cinema Infantil Takorama @Takorama
nov 28 dia inteiro

Pela primeira vez no Brasil, filmes infantis inéditos e gratuitos vão fazer a alegria dos pequenos durante o Takorama, festival internacional com conteúdo dedicado a crianças, jovens e educadores.

A programação traz curtas de diversos países, que podem ser vistos em vários idiomas, sem publicidade, com abordagens sobre tolerância, empatia, amizade, exclusão e cidadania. Todos os filmes podem ser acessados até 30 de novembro pelo site do festival. Com organização da Associação Films Pour Enfants, o projeto é uma resposta aos desafios enfrentados pela educação durante a pandemia.

Vamos conferir a programação?


A partir de 3 anos

  • “O Melhor Brinquedo”, de Gabriel Lin (EUA, 2014)
    Como o processo de transformar um brinquedo pode mexer na nossa autoestima? Em “O Melhor Brinquedo”, somos apresentados às ligações entre o olhar alheio, as amizades e a construção de autoconfiança.
  • “Olá”, de Julio Cesar Velazquez (Argentina, 2014)
    Conhecer-se a si mesmo e conhecer aos outros: a partir de duas formas geométricas, esse filme traz reflexões sobre diferenças.
  • “O Edifício”, de Tomoyoshi Joko (Japão, 2018)
    Por meio da narrativa de um grande edifício que salva pequenas casas de uma inundação, as crianças são convidadas a refletir sobre diferença e exclusão.

A partir de 6 anos

  • “O Tubarão do Aquário”, de Ashley Farlow (EUA, 2014)
    Um tubarão em um aquário pequeno. O que esta situação pode nos ensinar sobre liberdade?
  • “O Complexo do Porco-espinho”, de LISAA (França, 2013)
    A história de um jovem ouriço enfrentando problemas como rejeição, retraimento e falta de autoconfiança.
  • “Você Parece Assustador”, de Xiya Lan (EUA, 2016)
    Quem tem mais medo? O paciente crocodilo ou o coelho dentista que parece não gostar dos dentes afiados de seu cliente?

A partir de 9 anos

  • “Iguais”, de D .M. Lara & R. C. Mendez (Espanha, 2016)
    Em uma sociedade conformista e uniforme, um pai tenta colocar seu filho no caminho certo e se questiona se este é o melhor para ele.
  • “O Cão Só”, de Mike A. Smith (EUA, 2014)
    O sonho de um cachorro em sair de casa nos apresenta a uma homenagem aos desenhos animados dos anos 1940.
  • “Meu Estranho Avô”, de Dina Velikovskaya (Rússia, 2011)
    Qual a relação entre excentricidade e exclusão? Conheça a história de amizade entre um avô e sua neta.

Fonte: Portal Lunetas

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis
nov 28 dia inteiro

19ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis será toda virtual

A 19ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis será de 21 a 28 de novembro. Em 2020, a Mostra se reinventa e apresenta um panorama contemporâneo da cinematografia brasileira e internacional em programação on-line e gratuita. Além de exibições de filmes nacionais e internacionais, realiza atividades paralelas como o Fórum de Cinema e Educação, Encontros de Cinema Infantil e oficinas de audiovisual para crianças e professores.

A 19ª edição da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis é realizado pela Secretaria Especial da Cultura – Ministério do Turismo. Tem o patrocínio cultural da Celesc – Centrais Elétricas de Santa Catarina, da Eletrobrás CGT Eletrosul, da Engie, do Itaú e da Statkraft. Coordenação da Lume Produções Culturais e direção geral de Luiza Lins.

Programação completa no site https://www.mostradecinemainfantil.com.br/

 10h – Sessão para professores e adultos classificação indicativa 12 anos

Libras ao vivo. Duração: 52 minutos.
Ao final bate-papo.
ASSISTA

O outro lado do outroCrianças das favelas do Recife fazem um filme sobre o que imaginam ser a vida para as “crianças de apartamento” da classe média, enquanto as crianças da classe média…

 16h – Encerramento + Sessão curtas + Show Carlinhos Brown Kids classificação indicativa LIVRE

Libras ao vivo. Sessão de Cinema Online com os filmes mais votados pelo público e pelos jurados mirins. ASSISTA

Carlinhos Brown Kids

Carlinos BrownCanções compostas especialmente para seu fiel público mirim em um cenário divertido com muita história, bate-papo, coreografias e brincadeiras.

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

dez
1
ter
Cine Curtinhas Itaú Cultural @Itaú Cultural
dez 1 dia inteiro

De 1° a 20 de dezembro, o Itaú Cultural (IC) apresenta mais uma edição de sua mostra on-line de cinema infantil, o Cine Curtinhas. A programação apresenta sete curtas-metragens brasileiros de animação, realizados com as mais variadas técnicas. Todos os filmes serão disponibilizados no site do IC e terão interpretação em Libras e legendagem em português.

Confira a programação completa.

Brinquedo Novo
(Rogério Boechat, RJ, 2017, 6 min)

Em um dia qualquer, um bebê ganha de sua mãe um urso de pelúcia. O brinquedo novo vira seu melhor amigo. Mas com o tempo o urso acaba se transformando em algo muito tedioso. O bebê o carrega com descaso, até que o destino permite uma reviravolta.

[livre para todos os públicos]

Brinquedo Novo, de Rogério Boechat (imagem: divulgação)

Diário de Areia
(Isadora Morales e Sarah Guedes, MG, 2017, 6 min)

Erin é uma menina de 15 anos que foi escolhida como a guardiã dos pesadelos. Sua missão é purificar os pesadelos que escapam para o mundo humano e proteger a humanidade de seus medos mais profundos, dia e noite, sem descanso.

[livre para todos os públicos]

Diário de Areia, de Isadora Morales e Sarah Guedes (imagem: divulgação)

Guacalove
(Otávio Esser Vieira, SC, 2018, 3 min)

Um abacate, ao tirar um cochilo, deixa seu caroço cair da barriga. Ao acordar, ele se assusta e vai à procura do item perdido. Durante a busca, o abacate é apresentado a diversas aventuras e se depara com um embate final pela posse de seu valioso caroço.

[livre para todos os públicos]

Guacalove, de Otávio Esser Vieira (imagem: divulgação)

Ilhas 
(Isabella Oliveira, RJ, 2018, 9 min)

Juliana é uma menina de 13 anos que, à deriva no mar há uma semana, é cercada por avisos de cautela. Arriscando-se contra os avisos, ela conhece Leo, um garotinho autista de 8 anos e um grande jardineiro. Os dois fazem amizade, apesar de parecerem muito diferentes. A certeza que resta para a menina e o menino é única: as ilhas precisam ser visitadas!

[livre para todos os públicos]

Ilhas, de Isabella Oliveira (imagem: divulgação)

Lala – o que Tem no Museu? 
(Thomas Larson e Jon Russo, SP, 2016, 2 min)

Lala quer saber o que tem nos museus, e seus amigos vão ajudá-la em uma excursão pelo passado, presente e futuro.

[livre para todos os públicos]

Lala – o que Tem no Museu?, de Thomas Larson e Jon Russo (imagem: divulgação)

Nana e Nilo e o Tempo de Brincar
(Sandro Lopes, RJ, 2015, 14 min)

Nana, Nilo, Gino e Mulemba voltam no tempo para o Quilombo dos Palmares para investigar por que as crianças do presente não querem mais brincar. Em Palmares, eles recebem a ajuda da sábia árvore Baobá, de Zembi e Dandara para conseguir os cinco elementos que podem restabelecer o tempo de brincar.

[livre para todos os públicos]

Nana e Nilo e o Tempo de Brincar, de Sandro Lopes (imagem: divulgação)

O Malabarista
(Iuri Moreno, GO, 2018, 11 min)

O filme reúne fragmentos do cotidiano e experiências de artistas de rua, que em meio à hostilidade das grandes cidades buscam levar cores e sorrisos aos que cruzam seus caminhos. De forma lúdica, o traço, a direção de arte e os efeitos sonoros fazem um contraste entre o monocromático das paisagens e a presença do pluralismo das cores neste híbrido de animação e documentário.

[livre para todos os públicos]

O Malabarista, de Iuri Moreno (imagem: divulgação)

Cine Curtinhas

terça a domingo 20 de dezembro de 2020
[após esse período, os links serão desativados]

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

dez
2
qua
Cine Curtinhas Itaú Cultural @Itaú Cultural
dez 2 dia inteiro

De 1° a 20 de dezembro, o Itaú Cultural (IC) apresenta mais uma edição de sua mostra on-line de cinema infantil, o Cine Curtinhas. A programação apresenta sete curtas-metragens brasileiros de animação, realizados com as mais variadas técnicas. Todos os filmes serão disponibilizados no site do IC e terão interpretação em Libras e legendagem em português.

Confira a programação completa.

Brinquedo Novo
(Rogério Boechat, RJ, 2017, 6 min)

Em um dia qualquer, um bebê ganha de sua mãe um urso de pelúcia. O brinquedo novo vira seu melhor amigo. Mas com o tempo o urso acaba se transformando em algo muito tedioso. O bebê o carrega com descaso, até que o destino permite uma reviravolta.

[livre para todos os públicos]

Brinquedo Novo, de Rogério Boechat (imagem: divulgação)

Diário de Areia
(Isadora Morales e Sarah Guedes, MG, 2017, 6 min)

Erin é uma menina de 15 anos que foi escolhida como a guardiã dos pesadelos. Sua missão é purificar os pesadelos que escapam para o mundo humano e proteger a humanidade de seus medos mais profundos, dia e noite, sem descanso.

[livre para todos os públicos]

Diário de Areia, de Isadora Morales e Sarah Guedes (imagem: divulgação)

Guacalove
(Otávio Esser Vieira, SC, 2018, 3 min)

Um abacate, ao tirar um cochilo, deixa seu caroço cair da barriga. Ao acordar, ele se assusta e vai à procura do item perdido. Durante a busca, o abacate é apresentado a diversas aventuras e se depara com um embate final pela posse de seu valioso caroço.

[livre para todos os públicos]

Guacalove, de Otávio Esser Vieira (imagem: divulgação)

Ilhas 
(Isabella Oliveira, RJ, 2018, 9 min)

Juliana é uma menina de 13 anos que, à deriva no mar há uma semana, é cercada por avisos de cautela. Arriscando-se contra os avisos, ela conhece Leo, um garotinho autista de 8 anos e um grande jardineiro. Os dois fazem amizade, apesar de parecerem muito diferentes. A certeza que resta para a menina e o menino é única: as ilhas precisam ser visitadas!

[livre para todos os públicos]

Ilhas, de Isabella Oliveira (imagem: divulgação)

Lala – o que Tem no Museu? 
(Thomas Larson e Jon Russo, SP, 2016, 2 min)

Lala quer saber o que tem nos museus, e seus amigos vão ajudá-la em uma excursão pelo passado, presente e futuro.

[livre para todos os públicos]

Lala – o que Tem no Museu?, de Thomas Larson e Jon Russo (imagem: divulgação)

Nana e Nilo e o Tempo de Brincar
(Sandro Lopes, RJ, 2015, 14 min)

Nana, Nilo, Gino e Mulemba voltam no tempo para o Quilombo dos Palmares para investigar por que as crianças do presente não querem mais brincar. Em Palmares, eles recebem a ajuda da sábia árvore Baobá, de Zembi e Dandara para conseguir os cinco elementos que podem restabelecer o tempo de brincar.

[livre para todos os públicos]

Nana e Nilo e o Tempo de Brincar, de Sandro Lopes (imagem: divulgação)

O Malabarista
(Iuri Moreno, GO, 2018, 11 min)

O filme reúne fragmentos do cotidiano e experiências de artistas de rua, que em meio à hostilidade das grandes cidades buscam levar cores e sorrisos aos que cruzam seus caminhos. De forma lúdica, o traço, a direção de arte e os efeitos sonoros fazem um contraste entre o monocromático das paisagens e a presença do pluralismo das cores neste híbrido de animação e documentário.

[livre para todos os públicos]

O Malabarista, de Iuri Moreno (imagem: divulgação)

Cine Curtinhas

terça a domingo 20 de dezembro de 2020
[após esse período, os links serão desativados]

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂