Exportar para formato ical

Cineclube da Mostra de Cinema Infantil - Curtas nacionais

Quando:
18.11.2017 16:00 17:00
Onde:
Centro Integrado de Cultura - CIC - Florianópolis
Categorias:
Cinema,todas as idades

Descrição

O Cineclube da Mostra de Cinema Infantil exibirá, todo último sábado do mês, um filme infantil, com entrada gratuita, no Cinema do CIC.

Essa iniciativa faz parte das comemorações dos 15 anos da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, festival pioneiro no Brasil, que este ano ocorrerá de 2 a 10 de julho, no Teatro Pedro Ivo Campos, na capital.

Detalhes da sessão

CURTAS NACIONAIS

Aquitã, o indiozinho (de Frata Soares, RJ, animação, 2015, 4min)

Aquitã é um indiozinho muito forte e corajoso. Porém, quando a noite chega trazendo a escuridão, Aquitã rapidamente procura abrigo no colo de sua mãe. O indiozinho, quem diria, morre de medo do escuro!O Awa Poanpé (de Julia Vellutini, animação, SP, 2017, 5’27’’

O Awa Poanpé é um curta-metragem em animação, que surge de um processo colaborativo com um grupo de jovens da Aldeia indígena Krukutu, localizada em Parelheiros, São Paulo.

Como fazer um pião (Rita de Cácia Oenning da Silva, documentário, SC, 2017, 3’09’’)

Em Balaio, uma aldeia indígena Desana/Tucano do Alto Rio Negro (AM), crianças fabricam seus próprios brinquedos. Edernilton Meireles Sampaio, um menino de onze anos, ensina como fazer pião com  sementes e galhos de madeira que encontra na mata ao redor de sua casa. Mostra, ainda, com graça, como disputam e cantam esses piões.

 Caminho dos gigantes (de Alois Di Leo, animação, SP, 2016, 11’52’’)

“Caminho dos Gigantes” é uma busca poética pela razão e pelo propósito da vida, que conta a história de Oquirá, uma menina indígena de seis anos que vai desafiar o seu destino e entender o ciclo da vida. O filme explora as forças da natureza e a nossa conexão com a terra e os seus elementos Naiá e a Lua 

Nossa vida no Amazonas: uma resposta às crianças da eFaz (de Kurt Shaw, documentário, SC, 2016, 9’24’’)

Depois de assistir à “carta-vídeo”, enviada pelas crianças da Escola da Fazenda (Florianópolis, SC), as crianças da aldeia Tapajós mostram dinâmicas cotidianas, suas brincadeiras, a escola e suas famílias. Orgulhosamente mostram como sobem e descem com facilidade de árvores, como nadam no rio, como coletam frutas etc., desmistificando algumas ideias que as crianças urbanas tinham sobre a vida na mata.

O último índio (de Maria Teresa Murer, animação, RS, 2017, 12’15’’

Quando a aldeia acaba, o velho pajé Tamai leva o último índio, o jovem Caiua, para viver com o povo índio irmão. Durante o caminho, vai ensinando Caiua, que vivia com os homens brancos, a ser índio de novo, mostrando costumes, valores e pensamentos sobre a vida e a integração com a natureza.

Naiá e a Lua  (de Leandro Tadashi, ficção, SP, 2010, vídeo HD e 35mm, 13 min)

 A jovem índia naiá se apaixona pela lua ao ouvir da anciã de sua aldeia a história do surgimento das estrelas no céu.

Local

Centro Integrado de Cultura - CICMapa
Local:
Centro Integrado de Cultura - CIC   -   Website
Rua:
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica
CEP:
3953-2323
Cidade:
Florianópolis
Estado:
SC
País:
Brazil

Descrição

O Centro Integrado de Cultura (CIC) foi construído para abrigar, harmoniosamente, as diversas formas de manifestação da cultura artística de Santa Catarina. O CIC foi inaugurado em 1982 e tem o nome oficial homenageando o Professor Henrique da Silva Fontes (1885-1966), figura eminente, ligada à fundação da Universidade Federal de Santa Catarina, professor universitário, desembargador, pesquisador da história catarinense e membro da Academia Catarinense de letras. O Centro Integrado de Cultura (CIC) é vinculado à Fundação Catarinense de Cultura.
 

Cadastro

Parceiros

   
   
 

 Seja também nosso parceiro: contato@floripinhas.com.br.

Envie sua mensagem

E-mail:
Assunto:
Mensagem:
2+2 = ?

Facebook

Go to top