Escolas do município terão rodas de conversa sobre saúde mental

Os encontros ocorrerão em vinte e cinco escolas até o mês de dezembro

Diante das pressões do mundo atual, evidencia-se uma crescente expressão de automutilação, depressão e ansiedade entre jovens e crianças, que aponta para uma delicada necessidade de articular ações intersetoriais com o intuito de criar uma rede protetiva de valorização e cuidado da vida nas unidades educativas.

A Secretaria Municipal de Educação, em parceria com Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis, realizarão, até o mês de dezembro, rodas de conversa com as famílias dos estudantes sobre saúde mental na infância e adolescência. Os encontros ocorrerão em vinte e cinco escolas da rede de ensino. A iniciativa já começou pela EBM Batista Pereira, no Alto Ribeirão.

“Este desafio nos mobiliza a organizar um trabalho articulado dentro de uma rede de proteção, oferecendo às famílias alternativas de atendimento para crianças e adolescentes, para além da medicamentalização, construindo uma rede de troca, amor e proteção”, explica o secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira.

As famílias estão recebendo formações ministradas por psiquiatras da rede municipal de saúde, por meio de um espaço acolhedor, de diálogo, escuta e trocas sobre saúde mental.

Para o secretário, a formação continuada se efetiva como um caminho necessário à configuração de processos educativos comprometidos com a qualificação do ensino e da aprendizagem, mas também, de relações humanas saudáveis e de zelo pela vida, numa dimensão de compartilhamento entre escola e família, saúde e educação.

 

Objetivos:

– Criar um espaço de diálogo acolhedor, trazer conhecimentos sobre saúde mental;

– Identificar fatores de risco e desproteção;

– Prevenir a depressão, automutilação e o suicídio;

– Oferecer ferramentas para que as famílias possam identificar essas situações e agir de modo mais acertivo e protetivo com seus/as filhos/as;

– Oferecer alternativas de atendimento para crianças e adolescentes dentro de uma rede de proteção, para além da medicamentalização, construindo uma rede de troca, amor e proteção;

– Sensibilizar as famílias para a temática da saúde mental, desmistificando mitos e tabus;

– Minimizar o sofrimento de crianças e adolescentes diante das pressões do mundo atual.

 

Data das rodas de conversa nas unidades

(A partir das 19h)

12/09    EBM Donícia Maria da Costa (Saco Grande)

17/09    EBM José Valle Pereira (João Paulo)

19/09    EBM João Gonçalves Pinheiro (Rio Tavares) e EBM João Franciso Garcez (Canto da Lagoa)

24/09    EBM Almirante Carvalhal (Coqueiros)

26/09    EBM Acácio Garibaldi São Thiago (Barra da Lagoa)

01/10    EBM Osvaldo Galupo (Morro do Horácio)

03/10    EBM Maria Conceição Nunes (Rio Vermelho) e EBM Antônio Paschoal Apóstolo (Rio Vermelho

08/10    EBM Beatriz Souza Brito (Pantanal) e EBM Adotiva Liberato Valentim (Costeira do Pirajubaé)

10/10    EBM Brigadeiro Eduardo Gomes (Campeche)

17/10    EBM Albertina Madalena Dias (Vargem Grande)

22/10    EBM Intendente Aricomedes da Silva (Cachoeira do Bom Jesus)

24/10    EBM Paulo Fontes (Santo Antônio de Lisboa)

31/10    EBM Osmar Cunha (Canasvieiras)

05/11    EBM José Amaro Cordeiro (Morro das Pedras)

07/11    EBM João Alfredo Rohr (Córrego Grande) e Vitor Miguel de Souza (Itacorubi)

12/11    EBM Virgílio dos Reis Várzea (Canasvieiras)

14/11    EBM Lupércio Belarmino da Silva (Caieira da Barra Sul)

19/11    EBM Henrique Veras (Lagoa da Conceição), Costa de Dentro (Costa de Dentro) e Retiro da Lagoa (Retiro da Lagoa)

21/11    EBM Luiz Cândido da Luz (Vargem do Bom Jesus)

⚠️O Floripinhas é um canal de divulgação de eventos infantis. Não nos responsabilizamos por alterações de horários e cancelamentos dos eventos divulgados aqui. Obrigada 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *